2019

Evento

Climate changes? Collective artivist in actions to rethink the actions of social life of yesterday, today and tomorrow in Mozambique

Prince Claus Fund

Projetos submetidos para fundos de médio prazo [A espera das decisões]

 
THE SONG’S AND DANCE OF THE COLONIAL FREEDOM AND DEMOCRACY IN MOZAMBIQUE – A COLLABORATIVE PLATFORM VIRTUAL
Inclui Bolsas de Estudos para moçambicanos/nas frequentarem o mestrado
  .

2019
~2019

Projetos submetidos para fundos de médio prazo [A espera das decisões]

Empowerment of voices of women and LGBT community seized by violence and prejudice in public transport and spaces in Mozambique

Projetos submetidos para fundos de médio prazo [A espera das decisões]

Género, arte e protestos em diálogo

2019
Abril, Maputo, maio universidade estuadual do rio de Janeiro ,Brasil, Agendada a projeção para julho em Florianópolis (Brasil2019

Gerações em lutas por utopias

Surge como resultado de um ciclo de conversas públicas desenvolvias em 2018 e que tiveram lugar em Maputo. Nele explora-se fundamentalmente, como o conhecimento convencional é traduzido em uma dimensão artística, mas também como arte é usada como reflexão científica dentro e fora das incubadoras da academia em uma perspetiva geracional de lutas.

Project: Popular culture, activism and social change in Mozambique
Public conversation:

 Maputo Street Art: Juventude, imaginário urbano e social
Oradores; Alberto Corrêa, Francisco Luis e Afron IVAN
Moderador: Baltazar Muianga
 Gerações em lutas por utopias- Propostas à partir de Moçambique
Oradoras: Maria Paula Meneses & Isabel Casimiro
Moderara: Withney Sabino
 Experimentos visuais: A narrativa da sexualidade feminina partilhada por Homens e Mulheres
Oradores; Sandra Manuel, Celma Costa e Pedro Mahumbi
Moderadora: Laurinda Sikota

2018
2018

Repensar os movimentos sociais: O RAP, a ação Política e o Enteado da Pátria

Orador: Edgar Barroso (Bloco 4 Foundation)

Liberdade de Expressão no contexto de um Estado Militarizado: Experiencias a partir de Angola

Orador: Domingos da Cruz

2017
2017

Painel (3):

 Reinventar o discurso e o palco: Experiências a partir do programa “Clássico Hip-Hop Time” sob múltiplas perspetivas do RAP local
Múltiplas intervenções em palco no Estúdio auditório da radio Mocambique e difundido pelo programa “Classico HIP-HOP TIME, coordenado por Helder Leonel.

Painel (2):

 A emergência do rap em Portugal»: Fatores performáticos e teor social das letras – Soraia Simões (Universidade Nova de Lisboa/ Mural Sonoro)
 A rua como um lugar de luta política, arte e performance no Brasil – Vera Gasparetto (Universidade Federal de Santa Catarina)
 Rap, political ancestors and power of the weak in Mozambique – Janne Rantala (Bloco 4 foundation)
 Barras para o ambiente: a rapartivismo na cidade de Maputo a partir das lentes da Operação caco – lixo no chão, não! – Carlos Serra – (Ntumbuluku)

2017
2017

Painel (1):

 Equalizando as margens: Culturas expressivas e requalificação urbana no centro histórico de Lisboa
Orador: Iñigo Sánchez (Queens University of Belfast)
 «O polícia ou ladrão?»: Experiências de luta pelo direito à cidade nos mercados de Maputo
Orador: Tirso H. Sitoe (Bloco 4 Foundation)
Moderador: Elisio Jossias (Departamento de Arqueologia e Antropologia, UEM)

Seminário: Os muros estado mudos? (RE) PENSANDO O DIREITO À CIDADE NA LENTE DO ARTIVISMO

Oradores: Bruno Mateus (Shot B)
Tirso H. Sitoe

2017