Domingos da Cruz

Jurista & Consultor

Domingos da Cruz é um conselheiro e consultor permanente para FoA. Ele possui diploma de Bacharel em Filosofia e Pedagogia pela IDBES (Don Bosco Instituto de Estudos Superiores-Angola) e um Mestrado em Ciências Jurídico-os Direitos Humanos Área da Universidade Federal da Paraíba-UFPB-Brasil.

O jornalista e escritor, publicou oito livros em sua língua nativa e foi o vencedor do Prêmio Nacional de Direitos Humanos – Ricardo de Melo Categoria em 2009. Ele é um membro do (NCDH) Centro de Cidadania e Direitos Humanos da UFPB, atuando no Grupo de Pesquisa em Segurança Pública, Violência e Direitos Humanos. Ele também é membro convidado do grupo de pesquisa em Retórica e Direitos Humanos da CCJ (Centro de Ciências Jurídicas). Domingos também ensina Direitos Humanos e é porta-voz do Instituto de Meios de Comunicação na Região da África Austral – MISA-Angola.

Xenia Carvalho

Antropóloga & Consultora

Xenia Carvalho é uma antropóloga e consultora especializada em metodologias de pesquisa, metodologias participativas, desenvolvimento internacional, construção de identidade e transmissão de memória ao longo de três gerações em contextos nacionais e internacionais.

Tem um doutorado em educação e desenvolvimento internacional com conhecimentos regionais na África Subsaariana (teve uma bolsa de doutorado da Universidade de Brighton, Reino Unido, de 2012 a 2015), com trabalho de campo etnográfico de 2011 a 2013 e coleta de histórias de vida em 2013 em Moçambique. Antes de Brighton, foi docente do Departamento de Antropologia e Arqueologia, Universidade Eduardo Mondlane, em Maputo (Moçambique), ensinando na área de pesquisa qualitativa e etnográfica, bem como a Antropologia simbólica, antropologia e psicologia.

Em Portugal, foi consultora social e política sênior da PCM (Presidência do Conselho de Ministros) fazendo pesquisas e redigindo relatórios em áreas como movimentos migratórios, conflitos étnicos e minorias na Europa, questões sociais e políticas no Norte e Africa Sub-Sahariana . Desde que se formou em Antropologia pela FCSH (UNL) em 1996, trabalhou em vários projetos acadêmicos e não acadêmicos.

Susan de Oliveira

Docente

Susan de Oliveira é Professora universitária na UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil), atua como docente em literatura portuguesa, literaturas africanas de língua portuguesa, e tem como interesse de pesquisa também o ativismo social, as culturas de periferias, o hip hop e, em especial, o rap.

José Machado Pais

Sociólogo

José Machado Pais é licenciado em Economia e doutorado em Sociologia, é investigador coordenador do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa e professor convidado do ISCTE-IUL (Instituto Universitário de Lisboa).

Foi professor visitante em várias universidades europeias e sul-americanas.Foi presidente do Observatório das Actividades Culturais.

Tem mais de 40 livros publicados, de entre os quais se destacam: Artes de Amar da Burguesia; Culturas Juvenis; Sociologia da Vida Quotidiana; Ganchos, Tachos e Biscates; Nos Rastos da Solidão.

Soraia Simões

Investigadora

Soraia Simões é Pós-Graduada em Estudos de Música Popular e em História Contemporânea pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, encontrando-se a desenvolver a sua tese de mestrado onde reflecte sobre o impacto social e cultural estabelecido pela prática do «rap» e pela «cultura hip-hop» entre os anos de 1986 e 1998 em Portugal.

Investigadora integrada do Instituto de História Contemporânea (IHC-FCSH/UNL) desde 2015, autora do Projecto de Arquivo e Documentação «Mural Sonoro» desde 2011, dirige a Associação Mural Sonoro desde 2014.

Maria Paula Meneses

Investigadora

Maria Paula Meneses é investigadora coordenadora do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra. Doutorada em antropologia pela Universidade de Rutgers (EUA) e Mestre em História pela Universidade de S. Petersburgo (Rússia), foi, até 2003, professora da Universidade Eduardo Mondlane (Moçambique).

Atualmente leciona em vários programas de doutoramento do CES; tem sido professora convidada no Brasil, Espanha, Reino Unido, Alemanha, etc.

De entre os temas de investigação sobre os quais se debruça destacam-se os debates pós-coloniais em contexto africano, o pluralismo jurídico – com especial ênfase para as relações entre o Estado e as ‘autoridades tradicionais’ no contexto africano -, e o papel da história oficial, da(s) memória(s) e de ´outras´ narrativas de pertença nos processos identitários contemporâneos.

Paula Guerra

Investigadora

Paula Guerra é Doutora em Sociologia pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto (FLUP). É Professora no Departamento de Sociologia na Faculdade de Letras da Universidade do Porto e Investigadora Integrada no Instituto de Sociologia da mesma universidade (IS-UP). Atualmente, é Professora Associada Visitante nos Programas de Pós-Graduação de Artes, Cultura e Linguagens e de Ciências Sociais da Universidade Federal de Juiz de Fora. Faz parte de vários centros de investigação internacionais.

É co-fundadora e co-coordenadora da Rede Todas as Artes. Rede Luso-Afro-Brasileira de Sociologia da Cultura e das Artes (com Glória Diógenes e Lígia Dabul). Pertence ainda à Interdisciplinary Network for the Study of Subcultures, Popular Music and Social Changee à ResearchNetwork Sociology of the Arts of the European Sociological Association.Tem sido Professora/Investigadora visitante em várias universidades internacionais.